• Reserve Já: (71) 3264-6952
    Pousada O Ninho

    Reserve Já: (71) 3264-6952

  • Reserve Já: (71) 3264-6952
    Pôr do Sol em Salvador

    Reserve Já: (71) 3264-6952

  • Reserve Já: (71) 3264-6952
    Elevador Lacerda

    Reserve Já: (71) 3264-6952

  • Reserve Já: (71) 3264-6952
    Igreja do Senhor do Bonfim

    Reserve Já: (71) 3264-6952

  • A antiga aldeia dos pescadores deu origem a um destino imperdível, com biodiversidade e beleza natural.
    Praia do Forte

    A antiga aldeia dos pescadores deu origem a um destino imperdível, com biodiversidade e beleza natural.

  • Praia do Forte é a principal região de desova das tartarugas marinhas do Brasil.
    Projeto Tamar - Praia do Forte

    Praia do Forte é a principal região de desova das tartarugas marinhas do Brasil.

Litoral Norte

Praia do Forte

A antiga aldeia de pescadores deu origem ao que é hoje Praia do Forte, um lugar que ainda preserva características rústicas, com detalhes requintados e modernidade. Acredita-se que a formação do vilarejo tenha começado em torno da fortaleza que o fidalgo português Garcia D’Ávila mandou construir, ainda no século XVI, para dar mais proteção ao lugar. Tinha a finalidade de armazenar as mercadorias que chegavam à costa da colônia, pelo mar, e que depois seriam enviadas para Salvador. Muitas famílias começaram a se instalar na região atraída pela chegada de mudas de côco que os colonizadores portugueses traziam da Ásia. Alguns homens se dedicaram ao plantio e colheita, outros se tornam marinheiros ajudando na travessia de pessoas e mercadorias no Rio Pojuca, e outros ainda, dedicaram-se à pesca. Era o início do povoamento das terras próximas ao Forte.

praia-do-forte-ft2
Primeira fortificação portuguesa militar e residencial do Brasil, o Castelo Garcia D’Ávila ou a Casa da Torre, como também é denominada, é um dos mais importantes e significativos monumentos do patrimônio histórico e cultural brasileiro. Por suas características medievais, é considerada a única construção do gênero nas Américas. O Castelo começou a ser construído em 1551 por Garcia D’Ávila, que chegou à Bahia em 1549, com o primeiro governador geral Tomé de Souza. Foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, em 1938. Hoje é um dos principais pontos turísticos de Praia do Forte. Representado por suas ruínas, o Castelo oferece ao visitante uma bela vista para o mar. A Capela de São Pedro dos Rates é a parte mais antiga – e mais preservada – do histórico Castelo. Conhecida por Capela de Todos os Santos, deu origem à sede e só foi concluída em 1624.
Em 1835, todo o conjunto foi abandonado pelos descendentes de Garcia D’Ávila. Após as obras de recuperação, na década de 1980, o Castelo foi transformado em fundação e hoje funciona como Parque Histórico Garcia D’Ávila. Há no local um museu que mostra todo o processo das obras de recuperação das ruínas e tem um acervo precioso de louças portuguesas e peças indígenas que foram recuperadas durante as escavações e catalogadas pelo Iphan. O parque é visitado por estudantes e recebe milhares de turistas anualmente. Outro cartão postal de Praia do Forte é a Capela de São Francisco de Assis. A igrejinha, hoje toda recuperada, fica em frente à praia do Porto. Contam que foi construída pelos pescadores em 1900.
No altar estão as imagens de São Francisco de Assis, São Benedito e Nossa Senhora da Conceição, e nas paredes telas do pintor baiano Carlos Bastos retratando a via sacra. A sua localização privilegiada, compondo com o mar e as embarcações, é o cenário ideal para a realização de casamentos, não só dos nativos, mas de visitantes de diversas partes do Brasil que escolhem Praia do Forte para casar.

Vila de Praia do Forte
Praia do Forte é a principal região de desova das tartarugas marinhas do Brasil. Existem sete tipos de tartarugas marinhas no mundo, sendo que, quatro delas põem seus ovos nas praias do Papa Gente, há milhares de anos. Este monitoramento é feito pela base do Projeto Tamar-Ibama, que tem sede na praia do Forte desde 1980, com um centro de visitantes mais completo e moderno do país. É composto pelo Museu da Tartaruga, aquários, tanques, restaurantes e loja. O Tamar está localizado na vila dos pescadores, próximo ao Farol.

Projeto Tamar Praia do Forte
A temporada de desova ocorre entre os meses de setembro a maio e é monitorada, nos trinta quilômetros de praia, pela base do instituto da Praia do Forte. Mais de novecentas desovas são por eles protegidas. Toda a extensão é considerada Área de Estudo Integral (AEI).

Costa de Sauípe

A Costa do Sauípe está no meio de uma rota ecológica preservada, numa paisagem dominada por coqueirais. São 6 quilômetros de praia selvagem, areia muito branca, lagos e rios cercados pela Mata Atlântica. Um lugar paradisíaco, com sol o ano inteiro e temperaturas que variam entre 24ºC e 33ºC.

Costa de Sauípe
Sua concepção foi feita através de minucioso estudo sobre o impacto ambiental, com o objetivo de favorecer a região e proporcionar uma experiência completa de lazer, diversão e descanso para seus hóspedes, com o máximo em qualidade e conforto.
Um cenário ideal para quem procura infra estrutura completa, lazer e natureza exuberante.

Todos os apartamentos possuem ar condicionado splits, tv a cores, frigobar e sanitário com box em blindex. Disponibilizamos acesso a Internet via rede Wi-Fi nas dependências da pousada, sem nenhum custo para os hóspedes.

Envie-nos sua solicitação de reserva através do site e entraremos em contato com você. Ligue para (71) 3264-6952 ou mandar um e-mail para oninho@pousadaoninho.com.br.

A Vila é o point e o coração de Praia do Forte. Charmosa, descolada, é o lugar do footing, onde jovens, crianças e senhores passeiam sem compromisso. Finalmente, tudo termina em um famoso bar ou em um café local.

O Carnaval da Bahia é a maior festa de participação popular do mundo. "É Diferente, É Carnaval de Salvador." é o tema da festa este ano, que apresenta um convite ao público no sentido da valorização das singularidades do Carnaval.

EnglishPortugueseSpanish